Política

AL discute reformas da previdência e trabalhista em audiência pública

Debate será no período da tarde desta sexta-feira

Midiamax Publicado em 28/04/2017, às 10h48

None
audiencia.jpg

Debate será no período da tarde desta sexta-feira

Em um dia em que praticamente todo o país parou para protestar contra as reformas da previdência e trabalhista, proposta pelo presidente da República, Michel Temer, do PMDB, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, promove nesta sexta-feira (28/4) uma audiência pública que debaterá os impactos das duas propostas em discussão na Câmara Federal.

Para o deputado Amarildo Cruz, do PT, propositor do ato, se aprovadas, as reformas causarão danos irreversíveis. O parlamentar inclusive usou a tribuna da Casa, nessa quinta-feira, para chamar a população para participar dos protestos nesta sexta.

“Serão estragos irreversíveis a todos os trabalhadores do nosso País, seja da iniciativa privada, da área rural, autônomos ou do serviço público, especialmente os mais humildes. Por isso, enquanto pudermos, vamos debater, levar ao conhecimento de toda a população o risco que estamos correndo, na tentativa de barrar esse retrocesso”, explicou o parlamentar.

A PEC 287/2017, que está em tramitação no Congresso Federal, altera as regras da Seguridade Social, que abrange a Previdência Social e altera o regime de aposentadoria de todos os trabalhadores do INSS.

Já a Reforma Trabalhista são medidas de alteração da Consolidação da Lei Trabalhista (CLT), que, segundo o propositor, reduzirá direitos históricos. O evento é aberto ao público e imprensa.

Jornal Midiamax