Política

Zeca diz que PT e Lula acreditam precisar de 7 votos para reverter impeachment

 Deputados almoçaram com Lula nesta quinta-feira

Evelin Cáceres Publicado em 08/07/2016, às 13h51

None
zeca.jpg

 Deputados almoçaram com Lula nesta quinta-feira

O deputado federal Zeca do PT e Vander Loubet (PT) estiveram reunidos com parte da bancada do partido da Câmara em um almoço com o ex-presidente Lula em Brasília nesta quinta-feira (7). Nesta sexta (8), Zeca afirmou que a bancada acredita que são necessários mais sete votos para reverter o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

“O Lula está ótimo, motivado, com cada vez mais clareza do momento político que o Brasil e a economia vivem”. O parlamentar disse que todos fizeram uma avaliação sobre o momento político, com a renúncia de Eduardo Cunha, o novo presidente e o quadro que se desenha para as eleições deste ano.

Apesar de o Senado ter acatado a denúncia do processo de impeachment por 55 votos a 22 dos 81 senadores, Zeca diz que a bancada já trabalha com a necessidade de apenas mais sete votos pelo arquivamento do processo.

“Muitos nos procuram e dizem estar arrependidos da votação”. Também esteve em pauta a governabilidade de Michel Temer desde o afastamento de Dilma. “Temer e seu governo interino se afundam cada vez mais na questão das privatizações, gastança descontrolada de recursos federais, um quadro terrível pelo fim da vinculação da receita da Educação e Saúde. É um modelito neoliberal da banda podre que voltou ao Palácio do Planalto”, finaliza.

Pelo Facebook, Vander Loubet afirmou que foram discutidas medidas para que fossem evitados retrocessos e desafios futuros. 

Jornal Midiamax