Política

Simone Tebet já se prepara para rito do impeachment no Senado Federal

Senadora  de MS é favorável à saída de Dilma

Jessica Benitez Publicado em 18/04/2016, às 00h50

None
simone.jpg

Senadora  de MS é favorável à saída de Dilma

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS), que acompanhou a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) pela tevê, afirmou que já na manhã desta segunda-feira (17) seguirá para Brasília. O processo que pode levar ao afastamento da petista aprovado na Câmara dos Deputados.

De acordo com a peemedebista, como foi aprovado, automaticamente o presidente da Casa de Leis, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já encaminha a matéria para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

"O presidente é obrigado a ler o documento já na primeira sessão, que será na terça-feira (19). Dependendo do horário, até nesta segunda-feira já poderia ser lido. Lido, temos 48 horas para se criar uma comissão especial formada por 20 parlamentares, proporcionalmente ao número de bancadas, e definir o presidente e o relator", informa.

A parlamentar afirmou que não sabe, ainda, qual a proporção de vagas na comissão que cabem ao PMDB. Se o impeachment não passar na Câmara, a matéria é arquivada. Mas, se for aprovado, a primeira fase no Senado poderá ser rápida.

"Nós faríamos a mesma coisa que foi feita na Câmara, se aceitamos ou não julgar. Esta fase a gente acredita que em no máximo 20 dias teremos superado". Ainda não teve reunião oficial da bancada, mas nao quisemos nos antecipar, mas na terça vai ficar tudo mais claro.

Jornal Midiamax