Política

Secretário vai apresentar plano de R$ 2 bilhões em obras para os próximos 3 anos

Aina depende do crivo do governador

Jessica Benitez Publicado em 23/06/2016, às 21h41

None
img-20160623-wa0014.jpg

Aina depende do crivo do governador

Sem contar detalhes, o secretário Estadual de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, revelou nesta quinta-feira (23) que em até o fim do mês vai apresentar planejamento de obras para os anos de 2016, 2017 e 2018 com valor entre R$ 1,5 bilhão e R$ 2 bilhões, mas ainda é necessário passar pelo crivo do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB).

“Os recursos são próprios, mas a palavra final é do governador”, disse logo após a reunião de Azambuja com o secretariado. O pacote vai incluir pavimentação e reestruturação urbana, implantação e contratação de manutenção de rodovia. Contudo, asfaltamento em Campo Grande não está incluso no planejamento a não ser o que for de responsabilidade do governo.

“As obras da prefeitura são sem participação do Estado. O governador conversou com o prefeito e haverá pacto dentro das necessidades, vão atuar por um bem comum” explicou o titular da Seinfra ressaltando que cada Executivo vai cuidar do que faz parte do seu trabalho.

Jornal Midiamax