Política

Reinaldo quer reunião com Michel Temer ‘o mais rápido possível’

Governador terá encontro com nova presidente do STF

Ludyney Moura Publicado em 01/09/2016, às 15h09

None
whatsapp_image_2016-09-01_at_11.23.42.jpeg

Governador terá encontro com nova presidente do STF

Ao lado do colega tucano e também governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP), o Chefe do Executivo Estadual, Reinaldo Azambuja (PSDB), cobrou uma participação mais efetiva da União na segurança da fronteira e quer uma reunião com o novo presidente da República, Michel Temer (PMDB), nos próximos dias.

O governador sul-mato-grossense afirmou que é hora de ‘virar a página’ sobre o impeachment da agora ex-presidente Dilma Rousseff (PT). “Agora o Governo Federal tem que ter uma relação de cumplicidade com os Estados”, cobrou.

Reinaldo revelou que no próximo daí 12 de setembro, terá uma agenda com a nova presidene do STF (Supremo Tribunal Federal), que será empossada na Corte um dia antes, em 12 de setembro, em substituição ao ministro Ricardo Lewandowski, cujo mandato no órgão encerra-se em 10 de setembro.

Azambuja e demais governadores discutirão uma ‘pauta federativa’ com a ministra, eleita para presidir a mais alta Corte do país pelos próximos dois anos.

Sem confirmar uma data, mas pontuando que espera um agenda com Temer ‘o mais rápido possível’, Reinaldo afirmou que cobrará do Governo Federal uma ação mais efetiva na proteção e segurança da região de fronteira.

“Fica mais fácil tratar pautas com um governo definitivo”, afirmou Reinaldo. Segundo ele, é prioridade tratar de presos federais que cumprem pena em presídios estaduais sendo custeados exclusivamente pelo Estado, sem participação da União. 

Jornal Midiamax