Política

Reinaldo diz que vai defender governo contra ‘mentiras’ na campanha

Tucano disse que indecisos decidirão eleição

Ludyney Moura Publicado em 24/10/2016, às 13h56

None
reinaldo_azambuja-edemir_rodrigues.jpg

Tucano disse que indecisos decidirão eleição

A menos de uma semana do 2º turno das eleições municipais, pleito que vai definir o próximo prefeito de Campo Grande, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) revelou seu papel na campanha da candidata tucana, a vice-governadora Rose Modesto.

“Tenho participado de reuniões, naquelas que eu sou chamados, feito gravações de alguns programas eleitorais, colocado principalmente a defesa do governo. Cabe ao governador fazer a defesa das inverdades e mentiras que estão sendo ditas”, disparou o governador.

Reinaldo tem sido um importante colaborador da campanha de Rose, que disputa com o deputado estadual Marquinhos Trad (PSD) a sucessão de Alcides Bernal (PP).

No debate do 2º turno do Jornal Midiamax, Rose e Marquinhos trocaram diversas acusações e o clima entre os candidatos chegou a ficar tenso, gerando uma série de pedidos de respostas entre ambos.

Apesar de não citar nomes, o governador afirmou que na reta final da campanha, adversários de sua candidata estariam apresentando números, sobre a gestão tucana, que ‘não refletem a realidade’, em investimentos em áreas como saúde, segurança pública e propaganda. Fizemos uma defesa para restabelecer a verdade”, frisou o tucano.

Para o governador, o eleitor indeciso, segundo ele mais de 20% da população da Capital, irá definir o futuro prefeito de Campo Grande. “Com certeza esses decidirão a eleição que só acaba no dia 30 de outubro”, finalizou. 

Jornal Midiamax