Política

Presidente da OAB lamenta morte de advogada: “É irreparável a sua perda”

Aeronave que transportava advogada e esposo caiu no Paraná

Guilherme Cavalcante Publicado em 26/02/2016, às 17h56

None
mansour_1.jpg

Aeronave que transportava advogada e esposo caiu no Paraná

O presidente da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul), Elias Mansour Karmouche, lamentou o falecimento da advogada sul-mato-grossense Jane Resina Fernandes de Oliveira e de seu esposo, o engenheiro Paulo César de Oliveira, ocorrido na manhã desta sexta-feira (26), em  um acidente aéreo na cidade de Jaguapitã, no Paraná.

Segundo o presidente da Ordem, tão logo soube do ocorrido por meio de grupos de WhatsApp, entrou em contato com a sócia da empresa Resina & Marcon Advogados, Telma Marcon, para mais informações e ficou consternado com a confirmação.

“Recebo com consternação a notícia do falecimento da valorosa advogada Jane Resina, uma das mais expressivas advogadas sul-mato-grossenses. Jane enalteceu a advocacia do Estado com seu dinamismo e inovação. Jane era leal e comprometida com as causas da advocacia e da sociedade. É irreparável a sua perda de forma tão trágica”, declarou, em nota.

O acidente

O avião em que estavam a advogada e seu esposo caiu na zona rural da cidade de Jaguapitã, no Paraná, partindo de Campo Grande. O avião era pilotado por Paulo. Por volta das 11 horas a polícia foi acionada para atender o acidente em uma plantação localizada a quatro quilômetros de Jaguapitã, distante 56 quilômetros de Londrina e 583 da Capital sul-mato-grossenses. Não se sabe, ainda, a causa do acidente e o caso será encaminhado para a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Os corpos das vítimas já foram retirados do local e encaminhado para o Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal), onde passarão por exames.

Jornal Midiamax