Política

Pela quarta vez, PSTU lançará Suél como candidato a prefeito de Campo Grande

Pré-candidato tenta se eleger desde 2006

Joaquim Padilha Publicado em 28/06/2016, às 10h45

None
suel_ferranti.jpg

Pré-candidato tenta se eleger desde 2006

O PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados) foi um dos últimos partidos a oficializarem o lançamento de um pré-candidato a prefeito de Campo Grande. Pela quarta vez nas eleições municipais, o servidor público Suél Ferranti da Silva irá se candidatar ao cargo do Executivo da Capital, conforme publicado em nota no facebook do partido na última terça-feira (21).

Em 2014, ano das eleições a nível federal, Suél foi candidato a vice junto ao então candidato a governador Professor Monje, também na sigla do PSTU. Em 2012, na última vez em que se candidatou para prefeitura da Capital, o radical de esquerda conseguiu apenas 1.380 votos, correspondentes a 0,31% do percentual de votantes.

Na época, o candidato declarou que possuía R$ 25.160,00 em bens, cerca de R$ 20 mil a menos do que quando se candidatou pela primeira vez, 2006.

Propostas

Na nota publicada lançando a pré-candidatura de Suél, o PSTU pouco falou de propostas reais para a mudança do cenário campo grandense, apenas se limitando a dizer que “é necessário que Campo Grande conheça a força de suas trabalhadoras e de seus trabalhadores”. A nota informa ainda que um projeto contemplando os trabalhadores da Capital ainda será apresentado.

Suél declarou na nota que sua campanha deve ser “inteiramente diferente das pré-candidaturas já apresentadas” e que “ os atuais governos, sejam do PMDB, PT, PP, DEM, PSDB e tantos outros, não atenderam e nem atenderão as reivindicações expressadas nas ruas e nas lutas em curso.”

Jornal Midiamax