Política

Nas redes, internautas se revoltam contra vereador que ofendeu mãe de Bernal

Durães é chamado de 'imoral' pelas declarações

Joaquim Padilha Publicado em 05/05/2016, às 12h57

None
duraes.png

Durães é chamado de 'imoral' pelas declarações

O vereador do município de Campo Grande, Roberto Durães (PSC), vem enfrentando a revolta de internautas depois de ter feito uma declaração que ofendeu a moral da mãe de Alcides Bernal (PP). Na terça-feira (3), ele disse em discurso na Câmara “conhecer muito bem, ainda mais no silêncio dos edredons” a mãe do prefeito da Capital, de 87 anos.

Na rede social Facebook, as últimas postagens da página do vereador tem comentários que o chamam de “lixo”, “imoral” e “nojento”. Um dos mais revoltados postou: "A parteira jogou fora a criança (que estava sendo abortada) e entregou a placenta à mãe, que deu-lhe o nome de Roberto Durães, um escroque, crápula, que vomita asneiras… por isso é que nunca teve voto suficiente para se eleger dignamente…". 

Na maior parte dos comentários, a população se diz envergonhada com a atitude do político.“Você não tem vergonha na sua cara de atacar a mãe do prefeito?”, questiona um dos comentários. “Não tem postura nenhuma, não respeita os idosos, seu sem moral suplente de nada”, diz outro comentário.

Outra usuária da rede social cobra das eleitoras uma postura crítica à Durães, e lembra que o vereador só foi empossado por conta da cassação de outros vereadores eleitos. “To muito revoltada… Essa desgraça nem foi eleito, se intitula representante do povo… Não fala coisa com coisa! Espero que as mulheres que votaram nesse idiota possam rever seu conceito…”.

Durães afirmou em entrevista ao Midiamax que mentiu ao dizer que conhecia a senhora mãe de 87 anos, e que fez a declaração como uma reação à suposta fala do prefeito que teria chamado a Câmara de 'local de mau-caráter'. Durães ocupa o cargo deixado por Thais Helena após ser cassada em 2012, quando ainda era do PT. Nas últimas eleições, o vereador teve 1.890 votos. 

(Sob supervisão de Evelin Araujo). 

Jornal Midiamax