Política

Marquinhos vai entregar carta de desfiliação ao PMDB na segunda

Deputado está de malas prontas para o PSD

Ludyney Moura Publicado em 27/02/2016, às 16h08

None
marquinhos.jpg

Deputado está de malas prontas para o PSD

Como já era esperado, o deputado estadual Marquinhos Trad vai entregar sua carta de desfiliação ao PMDB na próxima segunda-feira (29). O destino do parlamentar, de olho nas eleições deste ano, deverá ser o PSD.

Marquinhos, que também vai comunicar sua desfiliação ao juiz da 36ª zona eleitoral da Capital, explica que a nova lei eleitoral não o obriga à informar o partido que está deixado, mas revela seus motivos.

“O farei pelo respeito dos anos em que o partido me acolheu e me proporcionou possibilidade de levar as minhas ideias e buscar meus ideais em prol do Estado”, frisou o deputado, que se filiou ao PMDB em 2004.

A filiação ao novo partido será no dia 12 de março. E mesmo em uma nova sigla, o agora ex-peemedebista pretende manter conversa com o partido em busca de apoio para disputar a eleição para sucessão de Alcides Bernal (PP).

“Entrei pela porta da frente e estou saindo pela porta da frente”, declarou Trad, que revelou que conversou com o presidente regional do PMDB, Junior Mochi, e com o deputado federal Carlos Marun (PMDB), comunicando e explicando motivos de seu desligamento.

Apesar da intenção em disputar a eleição para prefeito da Capital, Marquinhos ainda precisa resolver uma pendência familiar, já que o irmão, o ex-prefeito Nelsinho Trad (PTB), também aparece como pré-candidato à Prefeitura de Campo Grande. 

Jornal Midiamax