Política

Irmão tenta, mas só consegue foto separada com dupla de candidatos

Família tenta minimizar racha

Midiamax Publicado em 28/01/2016, às 10h40

None
12494812_547086092122554_5381756911417981522_n.jpg

Família tenta minimizar racha

O ex-deputado Fábio Trad está tentando minimizar o estrago com a briga entre Marquinhos (PMDB) e Nelsinho Trad (PTB). O irmão insiste em dizer que não há briga, mas até as fotos que ele coloca na rede  social para minimizar acabam dando mais margem para desconfiança.

No dia 21 de janeiro Fábio publicou uma foto com Marquinhos, com o texto: “Este é Marquinhos, irmão de Nelsinho. Eu sou o Fábio, sem (inho), irmão dos dois. Política é assim: uns gostam; outros nem tanto. Faz parte. E vamos em frente…”.

Uma semana depois, Fábio voltou a postar foto, desta vez com Nelsinho, com quase as mesmas palavras: “Este é Nelsinho, irmão de Marquinhos. Eu sou o Fábio, sem (inho), irmão dos dois. Política e assim: uns gostam; outros, nem tanto. Faz parte. E vamos em frente… ‪#‎manosunidos”, postou.

Curiosamente, Fábio não postou foto com os dois irmãos juntos, embora garanta que os dois não estão brigados, como muitos estão divulgando. Para sustentar a paz, ele cita que Nelsinho foi padrinho de Marquinhos em renovação de votos de casamento, realizada no final do ano passado.

O vereador Otávio Trad, sobrinho da dupla, também nega desentendimento. “Vejo eles dialogando de maneira bem pacífica. Não tem divisão nenhuma. Vejo isso com maior naturalidade e faz parte da política. Estou aguardando qual a definição do grupo. Dois nomes fortes, com musculatura política, experiência, competência e o principal: vontade de fazer, porque gosta da cidade”, opinou.

Marquinhos foi o primeiro a declarar pré-candidatura, mas Nelsinho surgiu recentemente, após nem chegar ao segundo turno na briga pelo Governo do Estado. Quando assumiu o PTB Nelsinho disse que não tinha a prefeitura como foco, mas agora, no ano da eleição, está fugindo de entrevistas e procurando apoio para candidatura, o que tem desagradado o irmão.

Marquinhos esperava apoio de Nelsinho, visto que o irmão já foi prefeito por oito anos. Porém, Nelsinho e aliados apostam na rejeição a Bernal para que ele cresça. Eles avaliam que Nelsinho teria mais potencial do que Marquinhos. Já defensores de Marquinhos acreditam que o alto índice de rejeição pode derrubar Nelsinho.

Jornal Midiamax