Política

Infraero apresenta propostas para o Plano Diretor à Prefeitura

Plano Diretor está definido no Estatuto das Cidades

Diego Alves Publicado em 08/07/2016, às 23h57

None
img_9556.jpg

Plano Diretor está definido no Estatuto das Cidades

O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) recebeu integrantes da diretoria da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) para mostrar as propostas que a empresa tem para a revisão do plano diretor que deve ser aprovado em 2016.

A arquiteta e assessora da Infraero, Tânia Caldas junto com a superintendente da Infraero em Campo Grande, Bárbara Reis Netto mostraram para o prefeito Alcides Bernal e diretor-presidente do Planurb, Dirceu Peters plantas do aeroporto Internacional de Campo Grande e de seus arredores sugerindo medidas que possam ajudar a melhorar a infraestrutura do local, alavancar a economia e dar qualidade de vida as pessoas que moram nos arredores do aeroporto.

O prefeito explicou que as sugestões passadas pela equipe da Infraero são oportunas e tudo que for para melhorar a cidade a crescer e dar mais qualidade de vida para a população é valido.

Ainda, durante a reunião, o prefeito discutiu assuntos relacionados aos problemas enfrentados com os taxistas que trabalham no aeroporto, sobre o barulho causado pelos taxiamento aéreo que incomodam os moradores das adjacências do aeroporto e de projetos sociais entre a Infraero e a Prefeitura de Campo Grande de inclusão digital e conscientização ambiental.

Sobre o Plano Diretor

A Lei Complementar n. 94 de 6 de Outubro de 2006 instituiu a política de desenvolvimento e o Plano Diretor de Campo Grande que deverá ser revisado a cada 10 anos. O Plano Diretor está definido no Estatuto das Cidades como instrumento básico para orientar a política de desenvolvimento e de ordenamento da expansão urbana do município. É uma lei municipal elaborada pela prefeitura com a participação da Câmara Municipal e da sociedade civil que visa estabelecer e organizar o crescimento, o funcionamento, o planejamento territorial da cidade e orientar as prioridades de investimentos.

Pela legislação, o Plano Diretor deve ser revisado a cada 10 anos, como o atual é de 2006, o ano de 2016 é o prazo limite para isso.

Participaram da reunião o diretor-presidente da Planurb(Instituto Municipal de Planejamento Urbano) Dirceu Peters, o advogado da Infraero Rodrigues Gonçalves, a superintende da Infraero em Campo Grande Bárbara Antonia dos Reis Netto e a arquiteta e assessoria da diretoria da Infraero Tânia Caldas.

Jornal Midiamax