Política

Governo destina R$ 150 mil e promete reabertura do Estádio Morenão

Termo de cooperação foi assinado com a UFMS 

Midiamax Publicado em 27/10/2016, às 21h55

None
cooperacao.jpg

Termo de cooperação foi assinado com a UFMS 

O governador do Estado Reinaldo Azambuja (PSDB) assinou, nesta quinta-feira (27), um termo de cooperação com a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) visando readequações emergenciais na área de segurança do Estádio Morenão, que perdeu alvará. A previsão é que o estádio esteja apto ao funcionamento até janeiro de 2017.

O contrato autoriza o repasse de R$ 150 mil para readequações em itens de segurança como extintores, saídas de emergências e materiais de sinalização. De acordo com o governador, estas adequações foram exigidas pelo Corpo de Bombeiros para liberar o alvará de funcionamento.

Para Azambuja, o estádio atende mais do que a área do esporte, por isso a importânica deste convênio “Temos interesse neste tipo de investimento. Além de ser um local que atende o esporte, tambpme é um lugar que atende a cultura, através de shows e encontros. A revitalização é um sonho de todos nós”, afirmou.

Durante a assinatura, foi acordado que o valor de R$ 150 mil é um adiantamento feito pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul, que arrecadou o dinheiro através do direito de imagem obtido com transmissões de TV. Em contrapartida, o governo se comprometeu a devolver o valor no ano que vem, aumentando o incentivo anual aos clubes, que atualmente é de R$ 620 mil. Sendo assim, o repasse será de R$ 770 mil, em 2017.

“Não tem fartura pra ninguém, é um momento difícil pra todo mundo, mas é preciso disposição para fazer. Estamos conversando com a UFMS desde o ano passado e há interesse também de um outro contrato maior, para revitalização também da parte estrutural do estádio”, explicou Azambuja.

No termo assinado, a estimativa é de que a obra seja concluída antes de janeiro de 2017, já para abrigar os jogos do campeonato estadual. Segundo o governador, as obras terão início imediato, a partir desta assinatura.

Outro interesse do acordo é recuperar o estádio a ponto de poder sediar novamente jogos da série A, B e também da seleção brasileira sub-20.

Outros estádios.

Durante a agenda, o governador foi questionado sobre investimentos em outros estádios como Jacques da Luz e Guanandizão. Segundo ele, o governo passado repassou a responsabilidade destes locais para a prefeitura. “Há interessse em revitalizar esses locais que hoje estão abandonados. Se a prefeitura tiver interesse, o governo está aberto a isso”, disse Azambuja.

Jornal Midiamax