Política

Gilmar e Andreia Olarte pedem autorização judicial para viajar a SP

Eles querem ir de carro e precisam de 4 dias

Jessica Benitez Publicado em 25/10/2016, às 18h12

None
olarte.jpg

Eles querem ir de carro e precisam de 4 dias

O ex-prefeito e a ex-primeira-dama de Campo Grande, Gilmar e Andreia Olarte, que estão em prisão domiciliar desde o dia 27 de setembro, pediram à Justiça autorização para viajar de carro à cidade de São Paulo por motivos profissionais. Para isso, segundo a defesa, precisam de quatro dias com urgência, pois o encontro foi solicitado dia 22 de setembro quando eles ainda estavam encarcerados.

Nos autos há e-mails anexados nos quais uma pessoa pede reunião com Andreia e a filha. Embora sem muitos detalhes nas mensagens eletrônicas, os advogados Jail Azambuja e João Carlos Veiga explicam que trata-se de pauta com fornecedores da Casa da Esteticista, na qual a ex-primeira-dama é sócia.

Olarte quer autorização para acompanhá-la. A viagem de carro, próprio do casal, segundo eles, é para trazer mercadorias e economizar o frete. “Ademais, por se a atividade desenvolvida comércio de produtos de cosméticos, perfumaria e outros tipos de mercadoria, os fornecedores, no nível de atacado, encontram-se naquela cidade de São Paulo”.

Os quatro dias seriam dois para ida e volta e dois para “para as aquisições e reuniões contratuais necessárias naquela cidade. Assim, requer a V. Exa. autorize o afastamento dos requerentes desta Capital, com exclusivo deslocamento até a cidade de São Paulo (SP) via terrestre, pelo prazo de 4 dias”.

Jornal Midiamax