Política

Funções são definidas entre integrantes da comissão que vai analisar pedido de impeachment

Presidência ficou com PSD

Jessica Benitez Publicado em 17/03/2016, às 22h11

None
camaraimpea.jpg

Presidência ficou com PSD

Os deputado federais definiram chapa única para coordenar a comissão especial que vai analisar pedido de impeachment contra a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), por crime de responsabilidade. A decisão foi toamda pelos 13 líderes de bancada da Casa de Leis. 

Na presidência ficou Rogério Rosso (PSD-DF), como 1° vice Carlos Sampaio (PSDB-SP), 2° Maurício Quintella Lessa (PR-AL) e 3° Fernando Coelho Filho (PSB-PE). Na relatoria está Jovair Arantes (PTB-GO).

Os parlamentares discutem agora o rito de votação do relatório que vai a plenário independente se o relator indicar impeachment ou não. A comissão e integrada por 65 deputados estaduais, dentre eles dois sul-mato-grossenses Carlos Marun (PMDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM).

A votação para abertura de análise do pedido ocorreu na tarde desta quinta-feira (17) e teve 433 votos favoráveis e um contra. A saída da petista é solicitada por suposto crime de responsabilidade foi apresentado pelos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr. e Janaína Paschoal. Eram necessários pelo menos 342 votos para a instauração.

Jornal Midiamax