Política

Ex-prefeito e eleito em 2012 que está afastado disputam eleições

Eleições em Itaporã serão polarizadas entre PDT e PSDB

Midiamax Publicado em 06/08/2016, às 13h19

None
wallas_milfonnt.jpg

Eleições em Itaporã serão polarizadas entre PDT e PSDB

A Prefeitura de Itaporã, município a 232 quilômetros de Campo Grande, terá uma disputa polarizada nas eleições deste ano. Findado o prazo para as convenções partidárias, os únicos candidatos oficializados para concorrer à chefia do Executivo são o prefeito Wallas Milfont (PDT), afastado do cargo no início deste ano, e o ex-prefeito Marcos Pacco (PSDB).

Com o apoio de PSD, PT, PMN, PEN, PSB, PHS, PRTB, PPL e PTdoB, Milfont vai buscar a reeleição com o pastor Osmar Ortega na condição de vice; ele pertence aos quadros socialistas, indicado pelo PSB.

Já os tucanos contam com PV, PMDB, DEN, PTB, PR, PRB, PTC, PSL, PRB, PTN, PROS, PSDC e PSC entre seus aliados nesse pleito. Pacco tem como candidato a vice Roberto Marsura, do Partido Verde.

Essa será a terceira disputa entre Marcos Pacco e Wallas Milfont. Em 2004 e em 2008 o tucano venceu. No pleito seguinte, em 2012, foi a vez do pedetista levar a melhor, mas seu adversário era Roberto Marsura, hoje vice de Pacco.

Com 22.896 habitantes computados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), Itaporã terá o destino político decido por 13.852 eleitores, número de pessoas aptas a votar conforme o TRE (Tribunal Regional Eleitoral). Desde abril, quando o prefeito foi afastado pela Justiça por suspeita de fraudar uma licitação, o município é administrado por Jacinta dos Reis Cordeiro, vice-prefeita que agora apoia o projeto tucano. 

Jornal Midiamax