Política

Em 5º lugar, Coronel David diz que ‘estranha’ resultado de pesquisa

Dados forma obtidos por pesquisa DATAmax entre prefeitáveis

Midiamax Publicado em 05/07/2016, às 12h37

None
Foto: ALMS - Vitor Chileno e Roberto Higa

Dados forma obtidos por pesquisa DATAmax entre prefeitáveis

O deputado estadual Coronel David, pré-candidato do PSC a prefeito da Capital, achou 'estranho' o resultado de seu percentual na pesquisa entre pré-candidatos à Prefeitura de Campo Grande. Ele aparece em 5º lugar, com percentual e intenção de votos de 2,11%, conforme aponta pesquisa do Instituto DATAmax encomendada pelo Jornal Midiamax

Coronel David, que já foi comandante da Polícia Militar do Estado e assumiu uma vaga na Assembleia com a saída de Barbosinha (PSB) para a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), diz que outro levantamento a que teve acesso mostra um empate técnico seu com a pré-candidata Rose Modesto (PSDB).  

“Estranhamente nesta diminuíram meus votos, mas como bom esportivo que sou, aceito toda pesquisa, mas está muito distante do que eu tenho percebido e visto em outras pesquisas”, comentou.

David, no entanto, não deu detalhes como qual instituo fez, quem pagou ou sobre o registro no TSE da suposta 'outra' pesquisa em que apareceria melhor colocado.

E primeiro lugar apareceu o deputado estadual Marquinhos Trad (PSD), com 18,53%, seguido, em um empate técnico, pelo atual prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) com 17,66% dos votos. Na sequência vem o ex-governador André Puccinelli (PMDB), com 14,43% da preferência do eleitor.

A vice-governadora Rose Modesto (PSDB) aparece em quarto lugar com 10,07%, seguida pelo deputado estadual Coronel David (PSC) com 2,11%, Pedro Pedrossian Filho (PMB) com 1,99% e deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) com 1,62%. O vereador Marcos Alex (PT) detém 1,49% da intenção de votos, Athayde Nery (PPS) 1,24%, Marcelo Bluma (PV) 1%, Renato Gomes (PRP) 0,50% e Haroldo Figueiró (PTN) 0,25%.

Ao todo foram entrevistadas 804 pessoas em Campo Grande e a margem de erro aos percentuais é de 3.5 pontos para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. As sete regiões da cidade foram ouvidas: Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, Lagoa, Prosa e Segredo. A amostragem foi feita entre os dias 25 e 30 de junho com registro no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) no dia 27 do mesmo mês. O número de protocolo é MS-03822/2016.

Jornal Midiamax