Política

Dos 8 deputados federais de MS, 5 são a favor do impeachment de Dilma

Um está indeciso e os dois petistas são contra a saída da presidente

Ludyney Moura Publicado em 06/04/2016, às 13h53

None
a_favor.jpg

Um está indeciso e os dois petistas são contra a saída da presidente

O jornal Estado de São Paulo publicou nesta quarta-feira (6), o placar do impeachment com um levantamento feito com todos os 513 deputados federais. Segundo a reportagem, 234 são a favor, 110 contra, 56 indecisos, 10 não quiseram responder e 103 não se manifestaram. Entre os parlamentares sul-mato-grossense, dos oito, cinco são favoráveis, um está indeciso e dois são contrários.

Para ser aprovado o impeachment são necessários 342 votos a favor na Câmara Federal e para que o governo consiga arquivar o processo, é preciso 171 apoios, entre votos contrários ao pedido, abstenções e faltas.

Entre os deputados federais de Mato Grosso do Sul, Tereza Cristina (PSB), Carlos Marun (PMDB), Geraldo Resende (PSDB), Elizeu Dionisio (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM) são a favor da saída da presidente Dilma Roussef. Já Zeca do PT (PT) e Vander Loubet (PT) são contrários e Dagoberto Nogueira (PDT), de diz indeciso até o momento de sua posição.

Dos 8 deputados federais de MS, 5 são a favor do impeachment de Dilma

No placar do Estadão, a deputada Tereza Cristina aparece entre os que não foram encontrados para falar como seria seu voto, mas ela já havia afirmado que é a favor desde que se tenham motivos reais e comprovados.

 A previsão é que nos próximos dias 15, 16 e 17, inicia a votação em plenário. Desde o dia 1º deste mês começou a contar o período de cinco sessões para a omissão do impeachment emitir seu parecer e relator informou, segundo Estadão, que irá apresentar no próximo dia sete.

Jornal Midiamax