Política

Deputados federais pagos pela Câmara vão a ONU contra discurso de Dilma

Discurso será feito nesta sexta-feira

Evelin Cáceres Publicado em 22/04/2016, às 12h29

None
aleluia.jpg

Discurso será feito nesta sexta-feira

Os deputados federais Luiz Lauro Filho (PSB-SP) e José Carlos Aleluia (DEM-BA) estão nos Estados Unidos, com viagem custeada pela Câmara Federal, para acompanhar o discurso da presidente Dilma Rousseff (PT) na ONU (Organização das Nações Unidas) nesta sexta-feira (22).

Luiz Lauro informou que Dilma poderia usar seus cinco minutos, nos quais ela deveria falar sobre o clima, para dizer que é vítima de um golpe.

“Estamos aqui para não deixar que a presidente sozinha traga uma versão falsa. O Brasil está vivendo em toda a normalidade democrática, as instituições estão funcionando. Se ela fizer algum tipo de acusação contra o processo, estará prestando mais um desserviço às instituições brasileiras", disse Aleluia.

Os dois conseguiram acesso oficial ao evento, mas não devem usar a palavra. Os parlamentares esperam que, com a presença deles, a presidente fique 'intimidada' e não fale sobre golpe político. 

"Não é um golpe. Ela teve amplo direito de defesa. Dilma tem batido nesta tecla de maneira insistente e chata", disse o deputado paulista. 

Jornal Midiamax