Política

Deputados aprovam projeto que concede benefício à agentes de saúde

O texto foi votado em primeira e em segunda nesta quinta

Midiamax Publicado em 07/04/2016, às 16h43

None
Foto: ALMS - Vitor Chileno e Roberto Higa

O texto foi votado em primeira e em segunda nesta quinta

Os deputados estaduais aprovaram nesta quinta-feira (7) o projeto de lei do Governo Estadual, em que concede adicional ao piso dos agentes municipais de todo o estado. A proposta é de que seja acrescido 30% neste ano, 40% em 2017 e 50% em 2018 do salário mínimo para as categorias de agentes de saúde. Com esta aprovação o benefício passa a ser obrigatório, o que antes não era.

Segundo um dos coordenadores do Conselho Estadual dos Agentes de Saúde, Jeferson Rodrigues de Souza, este aumento foi um compromisso firmado pelo governadora em campanha. “Ele, o governador, se comprometeu com a gente a dar este beneficio no seu período de campanha e agora vai ser colocado em pratica. É uma conquista muito boa para nós e sem duvida ira incentivar cada vez mais o trabalho de todos”.

A matéria foi apreciada em primeira nesta data e por concordância de todos os líderes da casa, abriu-se uma sessão extraordinária e votaram em segunda. Agora resta somente o chefe do executivo sancionar para ser colocado para se tornar lei de fato. O benefício se estende para as categorias de Agente Comunitário de Saúde, Agente de Controle de Endemias, de Agente de Saúde Indígena, Agente de Saúde Pública, Agente de Vigilância Epidemiológica e de Guarda de endemias.

De acordo com Jeferson, atualmente há cerca de 5000 mil funcionários em todo o estado entre as categorias citadas. Cerca de 20 agentes estiveram na casa de leis para acompanhar a votação do projeto. Entre eles, representantes da Capital, Vicentina, Fátima do Sul e Rio Brilhante. Atualmente este beneficio deles é de R$ 128 e com esta aprovação, passará para R$307,12 já neste ano.

Jornal Midiamax