Política

DATAmax: Athayde diz que campanha começou agora e percentual irá aumentar

O secretario licenciado aparece em 8º lugar, com 0,87%

Midiamax Publicado em 30/08/2016, às 12h50

None
indice.jpeg

O secretario licenciado aparece em 8º lugar, com 0,87%

O secretario de Cultura do Estado licenciado, Athayde Nery, candidato a prefeito pelo PPS diz que resultado de pesquisa DATAmax, encomendada pelo Jornal Midiamax é natural pelo fato de que a campanha começou agora. Segundo ele, é cedo para estas analises, pois agora que iniciou a propaganda eleitoral. Ele acredita no crescimento de sua candidatura.

Nery destacou que esta será uma campanha de quem tem história. “Nesta campanha não irá adiantar fala e programa bonito, o que vai contar mesmo é o trabalho já prestado, de fato, ficha limpa, permanência no partido, entre outros fatores importantes”.

O candidato enfatizou que ele vai ocupar seu espaço aos poucos e surpreender. “Posso dizer que sou como o Usain Bolt [atleta/corredor jamaicano que foi ouro nos 100m nas olimpíadas no RJ], na corrida dos 100m. Começo devagar e depois disparo na frente, com minha meta de transparência, eficiência, rapidez e participação”.

O deputado estadual Marquinhos Trad (PSD) é o primeiro colocado com 28,11% na disputa pela Prefeitura de Campo Grande, segundo pesquisa do Instituto DATAmax, seguido pele prefeito Alcides Bernal (PP), com 14,30% e da vice-governadora Rose Modesto (PSDB), com 13,18%.

Depois aparecem no ranking o deputado estadual Coronel Carlos Alberto David (PSC) em 4º com 3,23%, Pedrossian Filho (PMB) com 1,99%, Marcelo Bluma (PV) com 1,24%, Marcos Alex (PT) com 1,24%, Athayde Nery (PPS) 0,87%, Rosana Santos (PSOL) com 0,75%, Aroldo Figueiró (PTN) com 0,62%, Suél Ferranti (PSTU) com 0,50%, Adalton Garcia (PRTB) 0,25%, Elizeu Amarilha (PSDC) com 0,25%, José Flávio Arce (PCO) 0,12% e Luiz Pedro Guimarães (PROS) com 0,12%.

As entrevistas foram realizadas entre os dias 23 e 27 de agosto e o número de registro da amostragem no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) é MS-00092/2016.

Jornal Midiamax