Política

Bernal quer Centro de Saúde do Idoso com UTIs no Hospital Regional de MS

Serão destinados R$ 6,6 milhões para a criação do Centro

Evelin Cáceres Publicado em 03/05/2016, às 14h34

None
bernal.jpg

Serão destinados R$ 6,6 milhões para a criação do Centro

O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) anunciou nesta terça-feira (3) a implementação de um Centro Regional de Saúde do Idoso, com recursos de R$ 6,6 milhões, para a disponibilização de leitos de UTI e de semi-intensivo. Para isso, Bernal afirma querer firmar uma parceria com o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul.

Para isso, Bernal disse que precisará de uma parceria com o Estado para a ampliação do local e instalação de dez UTIs e 20 leitos de semi-intensivo. “Caso o Governo tenha dificuldade em ajudar, vou escolher outro espaço e implementar. As equipes da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) já estão se mobilizando neste sentido”, afirmou durante agenda no gabinete da Esplanada Ferroviária.

Ainda sobre os idosos, Bernal voltou a frisar que a saúde tem que ser tratada constantemente, e não por “caravanas”. “Eu cuido da saúde todos os dias, e não por caravanas, que passam e vão embora. Mas qualquer ajuda será bem vinda, vamos trabalhar para garantir a saúde e ajudar todos os dias”.

Bernal ainda criticou uma suposta diferenciação de tratamento que é dada aos CCIS (Centros de Convivência do Idoso) em Campo Grande. “Eles não podem ser vitrines de embelezamento, com diferença de tratamento dos idosos da área central em relação aos da periferia. Todos são iguais. Não existe a Prefeitura do Pedra, do Ivandro, do Valdir, é a Prefeitura de Campo Grande”. 

Jornal Midiamax