Política

Após turbulência política, OAB-MS convoca reunião para próxima sexta

No mesmo dia OAB nacional se encontra

Jessica Benitez Publicado em 17/03/2016, às 01h35

None
kar.jpg

No mesmo dia OAB nacional se encontra

O presidente da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil seccional Mato Grosso do Sul), Mansour Karmouche, convocou reunião com conselho diretor e ex-presidentes para a próxima sexta-feira (18) às 9h. O intuito é discutir regionalmente a situação do Brasil antes de encontro que acontece em Brasília no mesmo dia.

Ele acredita que o Conselho Federal vai apoiar o processo de impeachment da presidente da República Dilma Rousseff (PT), ainda mais depois da atitude de nomear o ex-chefe do Executivo Luiz Inácio Lula da Silva como titular da Casa Civil. “Ela está tentando obstruir a Lava Jato, esse tipo de manobra é um comportamento que viola a constituição, é crime de responsabilidade”.

Isso porque colocar Lula como ministro é considerado, principalmente pela oposição, uma forma de 'fugir' do pedido de prisão feito pelo MPE-SP (Ministério Público Estadual de São Paulo) e que seria julgado pelo juiz Sérgio Moro, mas agora está no STF (Supremo Tribunal Federal) devido ao foro privilegiado.Após turbulência política, OAB-MS convoca reunião para próxima sexta

Quanto aos últimos acontecimentos, divulgação de áudios e quebra de sigilo do conteúdo da investigação, Karmouche é claro. “Foi um colapso que implodiu o governo. Ofenderam à instituição (OAB) nas conversas. Então vamos nos empenhar ainda mais para que tudo isso chegue ao fim. Foi uma pá de cal”, avaliou.

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, convocou sessão extraordinária do Conselho Pleno da ordem para sexta-feira (18). A convocação foi divulgada na noite de hoje (16), em nota. O dirigente justifica a convocação pela "gravidade dos fatos tornados públicos nesta quarta-feira", diz o texto.

Jornal Midiamax