Política

Vereadores votam orçamento de R$ 3,4 bilhões nesta quinta-feira

Previsão é de R$ 247 milhões a menos que 2015

Midiamax Publicado em 10/12/2015, às 10h45

None
camara_6.jpg

Previsão é de R$ 247 milhões a menos que 2015

Os vereadores de Campo Grande votam, nesta quinta-feira (9), a LOA (Lei Orçamentária Anual), que prevê, para 2016, arrecadação R$ 3.454.073.000, R$ 247 milhões comparado a este ano, segundo o relator do projeto, que tramita na Comissão de Orçamento e Finanças, vereador Eduardo Romero (Rede).

Ao orçamento, foi apresentada emenda que mantém em 5% o percentual de suplementação do orçamento sem autorização legislativa. O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), havia pedido aumento para 30%, mesmo índice que tinha Nelson Trad Filho (PTB) e André Puccinelli (PMDB), quando estavam a frente do Executivo Municipal.

No entanto, segundo adiantou o presidente da Câmara Municipal, vereador João Rocha (PSDB), dificilmente a solicitação do prefeito será atendida. Bernal afirma que manter o índice em 5% engessa a gestão, enquanto os parlamentares dizem que, dessa forma, há mais controle da destinação do orçamento.

Para finalizar a votação nesta quinta-feira, os vereadores farão uma sessão extraordinária, a partir do meio-dia. Os parlamentares não podem entrar em recesso, que começa em 23 de dezembro, sem a conclusão da votação da peça orçamentária. 

Jornal Midiamax