Política

Vereadores são vaiados e reclamam da presença de público na Câmara

Plenário está lotado e parlamentares sofrem pressão da plateia

Midiamax Publicado em 19/05/2015, às 13h30

None
img-20150519-wa0060.jpg

Plenário está lotado e parlamentares sofrem pressão da plateia

Vereadores de Campo Grande estão alegando dificuldades para trabalhar diante do público nesta terça-feira (19). O plenário está lotado de manifestantes, que vaiam e dão gritos de protesto durante os pronunciamentos dos parlamentares.

“Acredito que querem ajudar a Câmara, mas se não deixarem fazer nosso papel, não tem como trabalhar”, reclamou Chiquinho Telles (PSD) diante das vaias. Segundo ele, “não pode deixar” haver este tipo de manifestação na casa.

Outro que encarou a resistência da plateia foi Airton Saraiva (DEM), que discursou criticando postura da oposição, por conta de pedido de abertura de Comissão Processante contra o prefeito, Gilmar Olarte (PP), apresentado mais cedo. “É um circo armado pela oposição”, disse, entre outras coisas, o demista.

O plenário está lotado de grupos favoráveis e contrários ao prefeito. A manifestação, já prevista por conta do pedido da oposição, foi engrossada pela repercussão nacional da ação na Justiça por corrupção e lavagem de dinheiro a qual o prefeito responde.

A reclamação dos vereadores, por enquanto, ficou apenas no discurso, já que a sessão transcorre normalmente. Além do plenário cheio, parte dos manifestantes ficou do lado de fora do prédio, onde a segurança foi reforçada.

Jornal Midiamax