Chocolate e Eduardo Romero deixam a base

Os vereadores Chocolate (PP) e Eduardo Romero (PT do B) decidiram declarar independência nesta terça-feira (5) na Câmara e não fazer mais parte da base do prefeito de , (PP). Ambos também assinaram pedido de abertura da ‘CPI das contas públicas’.

Após um ano apoiando as ações do prefeito, desde que assumiu a gestão após a cassação de Alcides Bernal, Chocolate foi o primeiro a usar a tribuna para a declaração. Foi dele, também, a décima – e última, para o mínimo necessário – assinatura do pedido de investigação.

“Estou cansado de ser cobrado das pessoas e ouvir reclamações da cidade inteira em relação a esta gestão. É tanto discurso e a prefeitura não faz nada”, afirmou o pepista.

Eduardo Romero seguiu o colega e pediu licença ao partido para também deixar a base. “Fiz o que pude e continuarei ajudando como puder no Legislativo. Hoje declarei minha independência em relação ao Executivo. Essa administração está errando e desrespeitando a população absurdamente”, comentou o vereador.

A reviravolta aconteceu no mesmo dia que dez vereadores assinaram para pedir a chamada ‘CPI das contas públicas’. O requerimento já foi apresentado à mesa diretora.