Política

Vereadores da Capital atribuem prisão de Delcídio a perseguição ao PT

Parlamentares defendem direito de defesa do senador

Evelin Cáceres Publicado em 25/11/2015, às 15h38

None
alex.jpg

Parlamentares defendem direito de defesa do senador

Os vereadores petistas creditaram a prisão do senador Delcídio do Amaral nesta quarta-feira (25) à perseguição sofrida pelo partido em todas as esferas, inclusive a judicial.

Airton Araujo diz que estava a caminho da Câmara quando o avisaram sobre a prisão. “Fiquei surpreso porque acho que é ruim para o PT. Estão falando que ele dificultou as investigações, mas vamos ver. Quem não deve, não teme, mas é ruim para o Estado. MS amanheceu com uma nuvem preta em cima”.

O vereador Marcos Alex disse que lamenta muito, mas que o PT parece ter tratamento diferenciado dos outros partidos. “O que me entristece é ver quantas provas são apresentadas contra o Cunha (Eduardo Cunha, presidente da Câmara de Deputados), e não acontece a mesma coisa”.

Thais Helena também acredita em perseguição ao Partido dos Trabalhadores. “Delcídio deve ter direito a ampla defesa, não pode ser preso só por citações, eu acho complicado. No judiciário, se cai algum caso do PT, é julgado imediatamente”. 

Jornal Midiamax