Política

TJ barra promotor como testemunha de Olarte e atende pedido de Rose

Olarte perde batalha com promotor do Gaeco

Midiamax Publicado em 24/11/2015, às 09h52

None
olarte_gaeco_0610_cg.jpg

Olarte perde batalha com promotor do Gaeco

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul indeferiu o pedido de Gilmar Olarte e deu vitória ao Ministério Público Estadual em processo onde o vice-prefeito afastado responde por corrupção passiva.

Os advogados de Gilmar Olarte queriam colocar o promotor do Gaeco, Marcos Alex Vera, como testemunha de defesa, mas o Ministério Público recorreu e conseguiu derrubar o pedido, permitindo que o promotor atue representando a procuradoria-geral de Justiça.  Olarte terá três dias para arrolar outra testemunha.

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul também atendeu, parcialmente, o pedido da vice-governadora Rose Modesto (PSDB), que foi arrolada como testemunha de defesa de Gilmar Olarte. Rose tinha pedido para depor sozinha e na Secretaria de Assistência Social no dia 30 de novembro, mas o depoimento dela acabou ficando para o ano que vem.

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul acabou fazendo uma confusão com a data, dizendo que fica para o dia 22.02.2016, mas colocando entre parêntese o texto “vinte e dois de janeiro de 2016”. Agora não é possível saber se o depoimento será em janeiro ou fevereiro.

Rose só não conseguiu depor da Secretaria de Assistência Social. O depoimento dela será no plenário criminal do Tribunal de Justiça, na mesma data que será realizada a oitiva com outras testemunhas que não comparecerem na audiência do dia 27 de novembro.

Além de Olarte, são réus na ação Ronan Edson Feitosa e Luiz Márcio Feliciano. A denúncia do MPE (Ministério Público Estadual) é de que os três fizeram parte de um esquema que usava cheque de terceiros, aos quais eram prometidas vantagens na Prefeitura, para garantir a arrecadação de dinheiro que, conforme a investigação, ajudou a financiar a derrubada de Bernal.

Dentre as conversas que foram interceptadas pela Polícia Federal durante a operação, Rose aparece em tom descontraído com Olarte e pergunta para ele 'quem é a morena mais bonita da cidade'. O episódio gerou muita polêmica e até comentários maldosos na classe política.

Jornal Midiamax