Política

“Tem que se preocupar com os netos”, diz Marquinhos sobre fala de Puccinelli

Deputado afirma que vai sair do PMDB, sob o argumento de não ter espaço dentro do partido

Midiamax Publicado em 24/02/2015, às 15h58

None
marquinhos_trad-gw.jpg

Deputado afirma que vai sair do PMDB, sob o argumento de não ter espaço dentro do partido

“Ele não é juiz, nem desembargador para tomar meu mandato, aliás ele pode ter exercido essas funções nos últimos 8 anos”, ironizou o deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB), a respeito do ‘recado’ deixado pelo ex-governador André Puccinelli (PMDB), que ameaçou tomar o mandato do parlamentar, caso ele se lance candidato a prefeito por outro partido.

O deputado se mostrou insatisfeito com as declarações do ex-governador e sugeriu que Puccinelli “cuide dos netos, ao invés do mandato daquele que foi o mais votado dentro do Estado”, resumiu.

Os rumores de que deputado sairá do PMDB, sob o argumento de não ter espaço dentro do partido, culminou na afirmação de Puccinelli sobre o mandato de Marquinhos. “Ele tem mandato e o mandato é do partido”, comentou durante a reunião do partido, promovida na segunda-feira (23).

Marquinhos Trad ainda não oficializou a saída do PMDB, mas já avisou que não ficará no partido. Ele alega ter conversado com lideranças da Rede Sustentabilidade e do Partido Liberal, que tentam oficializar as siglas para abrir janela para quem tem mandato. Se os partidos forem oficializados o deputado poderá sair do PMDB sem o risco de perder o mandato.

O presidente da Assmbleia e do partido, Junior Mochi (PMDB), afirma que caberá a comissão constituída definir o candidato a prefeito. Mochi afirma não ter recebido notícia oficial de que Marquinhos deixará o partido, mas que o deputado terá mais chance de se eleger, caso continue na sigla. “Temos um partido forte, constituído. Se sair pelo PMDB tem muito mais chance”.

Jornal Midiamax