Política

Sérgio Assis pede desfiliação partidária do PSB e alega motivos pessoais

Líder nacional da sigla tinha orientado expulsão de ex-deputado

Midiamax Publicado em 24/04/2015, às 21h58

None
sergio_assis.jpg

Líder nacional da sigla tinha orientado expulsão de ex-deputado

Sérgio Assis, ex-deputado estadual de Mato Grosso do Sul, pediu na tarde desta sexta-feira (24) desfiliação partidária do PSB. A presidente regional da sigla, deputada federal Tereza Cristina, confirmou na tarde desta sexta-feira a saída de Assis do partido. “Ele entregou uma carta agora no fim da tarde pedindo a desfiliação e alegou motivos pessoais”, resumiu a parlamentar. 

Sérgio Assis, inclusive, chegou a presidir a sigla em Mato Grosso do Sul. No entanto, apesar de o próprio ex-parlamentar ter optado pela desfiliação, o líder nacional do PSB, Carlos Siqueira, chegou a orientar Tereza Cristina para que Assis fosse expulso do grupo. Assis foi indiciado ontem pela Polícia Civil por possivelmente ter envolvimento escândalo social com a participação de adolescentes.

O delegado da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente),Paulo Sérgio Lauretto, disse ainda que Sérgio e também o vereador de Campo Grande Alceu Bueno (PSL) podem vir a responder pelo crime de favorecimento
á prostituição.

Jornal Midiamax