Reinaldo culpa Puccinelli por ter adiantado data-base

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), culpou o ex-governador André Puccinelli (PMDB) por ter adiantado a data -base dos e gerado a confusão com o chamado “pacote de bondades”. O tucano reafirmou nesta segunda-feira (18) que não tem condições de conceder reajuste para as diversas categorias do funcionalismo estadual. A declaração foi dada durante a promoção de militares na .

Reinaldo, no entanto, disse que seguirá conversando com os servidores. “O reajuste dado em dezembro já causou o impacto financeiro. Estamos em crise e o ex-governador poderia ter deixado para reajustar na data-base. Porém, por conta do pacote de bondades, ele foi adiantado”, explicou.

Azambuja reafirmou que continua a respeitar as manifestações ordeiras e íficas, que são legítimas. “Vamos continuar conversando com as categorias e pedir responsabilidade para encontrarmos o melhor caminho para a reestruturação financeira”. 

Saiba Mais