Política

Puccinelli ameaça tomar mandato se Marquinhos deixar o PMDB para concorrer a prefeito

Puccinelli alega que mandato é do PMDB e não de Marquinhos Trad

Midiamax Publicado em 24/02/2015, às 10h28

None

Puccinelli alega que mandato é do PMDB e não de Marquinhos Trad

O ex-governador André Puccinelli (PMDB) deixou recado para o deputado Marquinhos Trad (PMDB) na volta ao partido, durante convenção estadual. Puccinelli chegou a citar o deputado como pré-candidato do partido, mas em seguida o advertiu, caso queira deixar a sigla.

“Ele tem mandato e o mandato é do partido”, declarou Puccinelli sobre possível saída de Marquinhos Trad. O ex-governador voltou a dizer que não será candidato a prefeito e disse que poderá ser qualquer um que permanecer no partido, inclusive Marquinhos.

Puccinelli e Nelsinho Trad (PMDB) vão comandar uma comissão do partido que ficará responsável por conduzir este início do processo eleitoral. A comissão ouvirá os anseios dos pré-candidatos a vereador e prefeito e de lideranças que têm mandato e eleitores em Campo Grande.

Saída

O deputado Marquinhos Trad ainda não oficializou a saída do PMDB, mas já avisou que não ficará no partido. Ele já conversou com lideranças da Rede Sustentabilidade e do Partido Liberal, que tentam oficializar as siglas para abrir janela para quem tem mandato. Se os partidos forem oficializados o deputado poderá sair do PMDB sem o risco de perder o mandato.

Marquinhos Trad alega que não tem espaço no partido, citando como exemplo o fato de não ser favorecido em nada dentro da legenda, mesmo sendo o deputado estadual mais votado nas últimas duas eleições. Além disso, o deputado afirma que não terá espaço por não agradar André Puccinelli.

Marquinhos já fez várias críticas a Puccinelli, avaliado por ele como alguém que fazia a Assembleia ficar a mercê das vontades do governo. O deputado também atribui a Puccinelli a crise do PMDB, que fez o partido perder a Prefeitura de Campo Grande e o Governo do Estado.

Jornal Midiamax