Política

Protesto de professores suspende sessão da Câmara Municipal

Categoria levou pizza para parlamentares

Midiamax Publicado em 08/07/2015, às 13h15

None
img-20150708-wa0036.jpg

Categoria levou pizza para parlamentares

A sessão da Câmara Municipal teve de ser suspensa, nesta quarta-feira (8), por conta de protesto de professores no plenário. A categoria, em greve desde o fim de maio, levou pizzas para os vereadores e, orientados a se manifestarem apenas por gestos, os docentes subiram o tom e passaram a gritar.

Os trabalhos na sessão são presididos pela vereadora Thais Helena (PT). Em determinado momento, ela disse que os professores não podiam fazer tanto barulho no plenário, orientando-os a se manifestarem apenas por meio de gestos.

A orientação serviu para exaltar os ânimos dos grevistas, que passaram a gritar, levando a vereadora a ameaçar suspender a sessão. O vereador Alex (PT) pediu que seja agendada reunião entre parlamentares e professores, ideia refutada pelos manifestantes: “já estamos cansados”, responderam, aos gritos, alguns deles.

A sessão ficou suspensa por pelo menos dez minutos, sendo retomada após o plenário silenciar-se. Os professores levaram pizzas aos vereadores, como forma de protesto contra o Legislativo, por não ter havido, ainda conforme os grevistas, encaminhamento de solução para a campanha salarial dos servidores da educação.


Clique aqui para assistir ao vídeo.

Jornal Midiamax