Apesar de rumores sobre saída, a secretária continua na pasta

A Prefeitura de corrigiu a informação de que a secretária da SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), Janete Belini, pediu exoneração do cargo nesta segunda-feira (4). Há rumores desde a semana passada sobre a saída da titular, mas ainda não tem confirmação a respeito.

Anteriormente, o Jornal Midiamax publicou que ela teria deixado a pasta, depois de a assessoria de comunicação da Prefeitura, em conversa gravada pela reportagem, ter confirmado a saída de Janete. No entanto, a assessoria se referiu a então secretária de Educação, Ângela Maria de Brito, que pediu demissão alegando cortes recentes na pasta e nas escolas, que ‘inviabilizaram o projeto’.

Quanto à Janete, apesar dos rumores sobre uma possível saída da Assistência Social, há informação de que ela continua normalmente na pasta. A exoneração poderia ocorrer depois que a secretária foi flagrada em um hipermercado e também em uma agência bancária, utilizando um veículo Palio de cor branca, com placa NRL-8751, que seria um veículo oficial da administração. 

Na ocasião, a assessoria de imprensa da SAS explicou ao Jornal Midiamax que Janete foi ao hipermercado fazer compras emergências para abastecer o Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante) e o Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua).

Está prevista para as 16 horas uma coletiva de imprensa no Paço Municipal, com o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), e os secretários de Administração, Governo e de Finanças, para esclarecimentos sobre a exoneração e outras situações envolvendo a Prefeitura de Campo Grande.