Política

Prefeito diz que não garante 13º de servidores em novembro e dezembro

Prefeito confirma que benefício será pago em duas parcelas

Midiamax Publicado em 29/10/2015, às 12h57

None
bernal_upa_moreninha_2910_400x300_wr.jpg

Prefeito confirma que benefício será pago em duas parcelas

O 13º salário de servidores municipais de Campo Grande será pago em duas parcelas, mas, provavelmente, não será em novembro e dezembro. A afirmação é do prefeito, Alcides Bernal (PP), dada nesta quinta-feira (29), um dia depois de ser anunciado que o vencimento do IPTU deverá ser antecipado para janeiro de forma a gerar caixa para pagar o benefício.

“Não vai ser um parcelamento igual da Casas Bahia, vai ser no máximo em duas vezes. Mas, não posso garantir que será novembro e dezembro”, disse Bernal, que foi às Moreninhas assinar a ordem para conclusão de uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Quarta, o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Disney Fernandes, falou que o vencimento do IPTU, normalmente em fevereiro, será antecipado para janeiro. A previsão é que a primeira parcela do 13º seja paga em 20 de dezembro e a segunda um mês depois.

Em discurso na obra da UPA, Bernal voltou a falar no “caos administrativo” e de medidas para superar a crise. “Estamos tomando algumas providências, às vezes não são muito bem aceitas por aqueles que sentiam privilegiados, mas temos que tomar”, disse o prefeito.

Bernal também comentou que está sob análise a possibilidade de revogar decreto que no fim de agosto, quando ele retomou o caro, suspendeu por 90 dias todos os pagamentos a fornecedores, entre outras medidas de economia. No entanto, não estimou prazo para decidir a respeito.

Jornal Midiamax