Política

Pré-candidata a prefeita, deputada diz não a cargos na Prefeitura

Partido proibiu vereador de aceitar liderança

Midiamax Publicado em 13/06/2015, às 09h45

None
d758e8fa4ec56d2a1c6e619add916b89.jpg

Partido proibiu vereador de aceitar liderança

A presidente estadual do PSB, deputada federal Tereza Cristina (PSB), se reuniu com o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), nesta semana, para falar sobre a possibilidade de o partido lhe apoiar na gestão .

Segundo o presidente do PSB em Campo Grande, vereador Carlão (PSB), a deputada foi procurada por Olarte, que lhe ofereceu espaço na gestão. Porém, segundo o vereador, ela teria recusado o cargo por conta da eleição do ano que vem.

“O PSB vai tem um projeto para o ano que vem. A Tereza Cristina será nossa candidata a prefeita”, justificou. Segundo Carlão, o prefeito também falou da possibilidade de indicar quadro do PSB para cargos e Tereza não vetou, desde que o cargo seja pessoal e não do partido.

Carlão é cotado para assumir a liderança do prefeito na Câmara, mas foi vetado pelo partido. Ele diz que reunião no diretório do partido definiu que ele não deve aceitar a liderança, o que será acatado.

O PSB é o segundo partido a não aceitar mais cargos de Olarte. Atualmente, o partido tem Marcos Cristaldo no Planurb. O PMDB, que tem cargos indicados por Edil Albuquerque  e Paulo Siufi, também recebeu proposta de mais espaço, mas recusou.

Jornal Midiamax