Política

Movimento de Campo Grande quer apoio para ir a Brasília em protesto contra Dilma

Próximo protesto está previsto para 7 de setembro

Clayton Neves Publicado em 16/08/2015, às 21h43

None
unnamed.jpg

Próximo protesto está previsto para 7 de setembro

As manifestações contra a gestão da presidente Dilma Rousseff e o Partido dos Trabalhadores não devem perder a força. De acordo com a organizadora do Movimento Pátria Livre, Fabrícia Salles, pessoas ligadas ao movimento de todo o País já estão se organizando para uma ação geral, pré-agendada para o dia 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil.

Fabrícia afirma que desta vez o objetivo é que todos os manifestantes, das diferentes regiões do País, se reúnam em um protesto único em Brasília. Para que a proposta tenha êxito e Campo Grande também tenha representação no protesto na Capital Federal, lideranças vão buscar ajuda financeira de instituições e empresários.

Somente na ação desde domingo (16), em Campo Grande, foram gastos R$ 10 mil oriundos de doações de empresários que apoiam o movimento Fora Dilma, conforme a representante do Pátria Livre. O protesto de hoje ganhou adesão de 3 mil pessoas, conforme estimativa da Polícia Militar. DIferente dos outros movimentos, a intenção deste domingo era discutir o cenário político atual em ação na Praça do Rádio, em Campo Grande.

Jornal Midiamax