Política

Mãe passa mal e presidente Dilma cancela agenda em Mato Grosso do Sul

Ministra substituirá presidente

Midiamax Publicado em 30/10/2015, às 11h56

None
dilma.jpeg

Ministra substituirá presidente

A presidente Dilma Rousseff (PT) cancelou agenda que teria em Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira (30). A presidente não vem a Mato Grosso do Sul por conta do estado de saúde da mãe dela, que passou mal.

A mãe da presidente, Dilma Jane, tem 91 anos e mora com ela no Palácio da Alvorada, residência oficial em Brasília, desde 2011, quando a filha assumiu a Presidência da República. Em maio deste ano ela chegou a ser internada em Brasília após apresentar sintomas de ataque isquêmico transitório.

Dilma viria a Mato Grosso do Sul nesta sexta-feira (30), quando participaria do lançamento da pedra fundamental do Projeto Novo Horizonte 2, segunda unidade da empresa Fibria. Ela será substituída pela ministra Kátia Abreu. A assessoria de imprensa da presidente confirmou o cancelamento e informou que a ministra deve chegar atrasada.

A previsão era de que a presidente chegasse a Três Lagoas por volta de 9h30, quando seria recepcionada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que chega a cidade as 9h15. Do aeroporto eles seguiriam de helicóptero para a Fibria, sem falar com a imprensa.

Segundo a assessoria do Governo do Estado, a presidente não concederia entrevista e nem faria reunião com o governador, se falando apenas no caminho para a fábrica, para onde seguiriam de helicóptero.

Esta seria a segunda passagem da presidente por Mato Grosso do Sul neste ano. Ela esteve em Campo Grande para a inauguração da Casa da Mulher Brasileira e na ocasião também não falou com a imprensa.

Jornal Midiamax