Política

Junior Mochi deve ser reconduzido à presidência do PMDB

Convenção do partido acontece dia 26 de outubro

Midiamax Publicado em 13/10/2015, às 16h21

None
junior_mochi_-_dg_0.jpg

Convenção do partido acontece dia 26 de outubro

O atual presidente regional do PMDB, o deputado estadual Junior Mochi, deve ser reconduzido para mais um mandato a frente do partido. A convenção do PMDB está marcada o próximo 26 de outubro e deve consolidar o nome de Mochi.

No início do mês, Mochi disse que não pretendia continuar no cargo, em virtude das atividades na Assembleia Legislativa, onde é presidente, e que o partido teria de encontrar outro nome até dia 26.

Segundo o próprio parlamentar, os colegas pediram para que ele continuasse no comando e por não ter outro nome disponível, ele se dispôs a continuar. O mandato de presidente de partido dura dois anos, sendo a reeleição permitida.

O colega de bancada na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Renato Câmara, confirma o encaminhamento de consenso em torno do nome de Mochi. “Ele já fez um bom mandato, é um líder de consenso, busca aparar as arestas, a recondução do nome dele fortalece o PMDB”, disse.

Segundo Câmara, já houve discussão sobre a recondução e, segundo ele, ‘Mochi, hoje, é consenso’. A convenção acontece em 26 de outubro, na sede do partido, na Avenida Mato Grosso, 4997, das 8 horas às 11 horas.

O partido terá o desafio de recuperar a sigla que sofreu derrotas consecutivas aos Executivos municipal (Campo Grande) e estadual nas eleições de 2012 e 2014, após quase duas décadas no poder. Além disso, terá que contornar as possíveis consequências da Operação Lama Asfáltica, na qual as gestões peemedebistas estão entre os principais alvos.

Jornal Midiamax