Política

Excluído, vereador estranha escolha de pré-candidatos do PMDB a prefeito

Parlamentar diz que nem foi convidado para reunião

Midiamax Publicado em 06/08/2015, às 10h15

None
camara_plenario.jpg

Parlamentar diz que nem foi convidado para reunião

O vereador Paulo Siufi (PMDB) reclamou que, mais uma vez, foi excluído da lista de pré-candidatos do PMDB à Prefeitura de Campo Grande. Ele disse que, tal como em 2012, foi preterido e, novamente, estranhou o processo de escolha dos pré-candidatos.

A reclamação de Siufi começa com a própria reunião. Segundo o vereador, a reunião foi transferida da manhã para a tarde e ele nem sequer foi avisado da mudança de horário, perdendo o encontro.

Não bastasse o descontentamento com a exclusão da reunião, o vereador ainda ficou sabendo que o nome dele não estava na lista dos pré-candidatos. “Sempre fui preterido e entendo isso como um fechamento de portas. Me sinto fora deste grupo”, reclamou.

O vereador também reclamou da maneira como alguns pré-candidatos foram escolhidos. Ele ressaltou que Simone Tebet (PMDB) e Waldemir Moka (PMDB) foram lançados como pré-candidatos sem nem participar da reunião.

“Tenho que avaliar muita coisa no meu partido. Sou fiel a ele, mas tem hora que você não faz mais parte. Quem sabe não era o meu momento de participar. Vou avaliar o que fazer”, declarou.

Indagado se continua no partido, o vereador disse que não sabe e não descartou mudança, nem que seja após a eleição. “Tenho que avaliar. Posso disputar a eleição e me desfiliar em outra situação”, concluiu. Além de Moka e Simone, figuram como pré-candidatos na lista do PMDB o deputado federal Carlos Marun e o deputado estadual Marquinhos Trad. 

Jornal Midiamax