Política

Edil é o primeiro vereador a anunciar que pode não concorrer à reeleição

A pedido da família, Edil está pensando em se aposentar

Midiamax Publicado em 21/03/2015, às 10h41

None
edil_03.02.jpg

A pedido da família, Edil está pensando em se aposentar

O líder do prefeito na Câmara, vereador Edil Albuquerque (PMDB), foi o primeiro a anunciar que não disputará a reeleição. Ele justificou que está pensando na possibilidade de não concorrer por conta da cobrança da esposa, que já não está satisfeita com a falta de tempo dele para família.

Edil não deu a desistência como certa, mas afirmou que está pensando seriamente em não concorrer. Por enquanto, dos 29 vereadores, Edil foi o único que anunciou o desejo de não concorrer à reeleição.

Geralmente, a maioria dos vereadores disputa o cargo novamente. Na legislatura passada, dos 21 vereadores, apenas Cristóvão Silveira (PSDB) desistiu da reeleição e a maioria foi reeleita. Na ocasião a Câmara passou de 21 para os atuais 29 vereadores.

Nas últimas eleições pouca coisa mudou na Câmara de Campo Grande. Dos 20 que tentaram a reeleição, só quatro ficaram como suplentes: Clemêncio Ribeiro (então PMDB), Alex do PT, Magali Picarelli (PMDB) e Loester Nunes (PMDB).

 Marcelo Bluma (PV) e Athayde Nery (PPS) optaram por disputar o cargo de prefeito e vice, respectivamente, mas também acabaram sem mandato. Até o presente momento, só três vereadores são citados como possíveis candidatos a prefeito: Mario Cesar (PMDB), Flávio Cesar (PTdoB) e Paulo Siufi (PMDB). 

Jornal Midiamax