Política

Deputado reclama que indicações do PT para cargos federais foram engavetadas

Parlamentar aponta desprestígio do PT local

Midiamax Publicado em 15/06/2015, às 18h06

None
zeca_e_delcidio.jpg

Parlamentar aponta desprestígio do PT local

O deputado federal Zeca do PT responsabilizou o senador Delcídio do Amaral (PT), líder do governo no Senado, pela falta de espaço do partido na indicação de cargos federais em Mato Grosso do Sul. As metas petistas locais teriam sido engavetadas.

“A responsabilidade sobre o desprestígio do PT em relação aos cargos que estão nas mãos do DEM, das famílias Trad e Tebet não é de ninguém a não ser do próprio Delcídio, que está engavetando esta questão”, disse Zeca, nesta segunda-feira (15). Em meados de maio, o deputado petista disse que os petistas sul-mato-grossenses precisavam, além de postos em nível estadual, de posições estratégicas em nível nacional.

Zeca diz não saber o motivo pelo qual indicações para uma série de setores não foram levadas adianta. “Não sabemos por qual razão, entendemos que o Delcídio engavetou, mas não sabemos por que”, diz o deputado federal.

Entre nomes cotados para cargos federais estão o ex-deputado federal Antônio Carlos Biffi, para a Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste), e de João Rocha para a vice-presidência dos Correios.

Jornal Midiamax