Política

‘Cunha é bandido sem categoria’, dizem deputados do PT

Para eles não há motivo para impeachment

Jessica Benitez Publicado em 03/12/2015, às 15h49

None
kemp.jpg

Para eles não há motivo para impeachment

A bancada do PT na Assembleia Legislativa é unânime quanto à situação da presidente da República, Dilma Rousseff (PT). Os parlamentares acreditam que trata-se de revanchismo por parte do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), que autorizou na tarde de ontem (2) abertura do pedido de impeachment da petista e o classificaram como ‘bandido sem categoria‘.

“Ele não tem legitimidade para aceitar o pedido. Como você pode estar sendo investigado e ter credibilidade para colocar em xeque outra pessoa e aceitar o pedido?”, opinou Cabo Almi ressaltando não haver consistência na solicitação. “A crise econômica é mundial, não é só do Brasil”, completou.

Amarildo Cruz foi irônico. Disse que Cunha é o baluarte da moral e dos bons costumes, comportadamente honesto, acima de qualquer suspeita. “Não há nada contra a Dilma. Ela não tem contas no exterior, tráfico de influência, não há motivo para ser cassada”, avaliou. “Ele viu que a cabeça dele ia rolar e fez isso por chantagem”.

Pedro Kemp seguiu a mesma linha. Acredita que não passa de um ato de desespero por conta da situação vivida. “Pra mim é um bandido sem categoria que envergonha o País”. Por outro lado, oposicionistas estão satisfeitos com o fato. Eduardo Rocha (PMDB) não quis tecer comentários sobre a conduta do correligionário. “Se tem ou não moral eu não sei, mas como presidente da Casa ele tem essa prerrogativa”. Onevan de Matos (PSDB) foi mais direto. “Dilma deveria ter saído faz horas”.

Jornal Midiamax