Política

Começa sessão na Câmara e João Rocha é único candidato a presidente

Sessão extraordinária acontece agora

Midiamax Publicado em 27/11/2015, às 13h20

None
camara.jpg

Sessão extraordinária acontece agora

Conforme previsto pelos próprios parlamentares, o vereador João Rocha (PSDB) deve ser o próximo presidente da Câmara Municipal. Depois da renúncia de Mario Cesar, que voltou à Casa de Leis, na quinta-feira (26), os 29 vereadores votam agora e o único nome apresentado na eleição foi o de Rocha.

Apesar de a maioria ser favorável, o vereador Cazuza (PP) declarou na tribuna seu voto contrário. Ele disse não ser uma decisão pessoal, e sim do partido, que se reuniu hoje mais cedo para deliberar sobre o assunto.

O parlamentar é do mesmo partido do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, que declarou ontem “ver com preocupação” o nome do vereador João Rocha na presidência, por ele ser investigado na Operação Coffee Break, que apura um suposto esquema de compra de votos que teriam garantido a cassação do pepista, em 2014.

O restante dos parlamentares que já declarou o voto foi favorável a escolha. Desde a renúncia de Mario, os parlamentares falavam em consenso. O nome do vereador Flavio Cesar (PT do B) foi cogitado como possível de também se candidatar ao cargo, que ocupa interinamente. Mas ontem, o parlamentar colocou fim as especulações em torno de seu nome, dizendo que ficará como 1º vice-presidente e que apoiava o nome de Rocha.

Em suas declarações, os vereadores ressaltaram a experiência de João Rocha, para ocupar o cargo, e elogiaran Mario Cesar, por ter renunciado à presidência, o que "melhora e fortalece o colegiado". 

Jornal Midiamax