Política

Com Nelsinho no comando, PTB reúne filiados e ‘sonha grande’ nas eleições

Ex-prefeito é apontado como principal liderança na reestruturação do partido

Midiamax Publicado em 02/10/2015, às 13h42

None
img-20151002-wa0056.jpg

Ex-prefeito é apontado como principal liderança na reestruturação do partido

Lideranças do PTB em Mato Grosso do Sul aguardam, na manhã desta sexta-feira (2), a presidente nacional da legenda, deputada federal Cristiane Brasil (RJ), e o presidente regional, ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad, em reunião para discutir as diretrizes do partido nos próximos meses. “Sonhamos grande”, diz o vice-presidente estadual, Paulo Estevão, ao falar sobre os planos para as eleições de 2016 e 2018.

Cristiane Brasil deve proferir palestra aos correligionários, sobre eficiência na gestão pública. Nelsinho, por sua vez, deixou o PMDB e assumiu o comando local do partido no qual o pai, Nelson, fez boa parte da carreira política.

“Com a vinda do Nelson, ele passa a ser a grande liderança regional. Temos outros, mas não podemos descartar seu nome. O partido tem que disputar”, diz o vice-presidente sobre as eleições municipais de 2016 em Campo Grande. Nelsinho foi prefeito da Capital por dois mandatos (2005-2012).

Os planos do PTB no próximo ano incluem “fazer o máximo de vereadores, prefeitos e vices”, detalha Estevão. Ele fala da intenção, inclusive, “até de lançar alguém à presidência” em 2018.

Para Wilton Vilasanti, policial militar que comandou as Uneis (Unidade Educacional de Internação) durante o governo de André Puccinelli (PMDB), “o PTB tem uma bandeira forte”. Ele diz ter assumido a pedido de Nelsinho o diretório de Porto Murtinho, município do baixo Pantanal distante 437 quilômetros da Capital, onde a ideia é ter candidatura própria à Prefeitura.

Segundo organizadores, lideranças do PTB em 50 municípios participam do encontro em Campo Grande. Até o fechamento deste texto, Cristiane Brasil e Nelsinho Trad eram aguardados no local, um buffet no Centro da cidade. 

Jornal Midiamax