Política

Buracos na madrugada: Bernal afirma que vai repassar casos à polícia

Prefeito tentou desconversar mas voltou a falar do assunto 

Midiamax Publicado em 26/11/2015, às 15h29

None
img-20151126-wa0039.jpg

Prefeito tentou desconversar mas voltou a falar do assunto 

O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) voltou a falar sobre sua declaração sobre pessoas que estariam "passando de madrugada e fazendo buracos propositais pela cidade". Durante assinatura de convênios com Hospital do Câncer e do Pênfigo, na manhã desta quinta-feira (26), Bernal reafirmou ter recebido estas denúncias e que se julgar necessário irá acionar a polícia para cuidar do caso.

De acordo com o prefeito, as denúncias foram recebidas por meio da ouvidoria. Questionado se acredita mesmo que a população seria capaz de cavar os buracos propositalmente, Bernal desconversou. “A população não trabalha contra ela. Se houver é um caso ou outro, esporádico. Isso não é o mais importante”, afirmou.

Ainda no assunto, o prefeito não desmentiu as declarações. “ Eu recebi informações. Tenho denuncias na ouvidoria de que isso está acontecendo. Não fiz nenhuma denúncia contra a população. Acredito que seja mesmo um caso ou outro e se constatarmos isso vou à polícia para denunciar”, completou.

O caso

Após suspender os contratos de manutenção por dois meses e a cidade ficar repleta de buracos, Bernal comentava sobre questões de iluminação pública, durante agenda desta quarta-feira (25), quando falou sobre a operação tapa-buracos. “Tem gente passando e dando uma 'picaretada'. Depois disso vai embora. Hoje o que é um buraquinho, se torna um buracão amanhã”, argumentou.

O prefeito disse ainda  que os trabalhos de reparação do asfalto seguem normalmente e medidas estão sendo tomadas em relação às empresas contratadas para o serviço de recapeamento asfáltico. Segundo ele, a empresa Proteco, por exemplo, foi acionada para refazer obras que não teriam sido cumpridas de acordo com o contrato.

Jornal Midiamax