Política

Dagoberto se reuniu com Orro na Assembleia após Chaves anunciar apoio do PDT a Bernal

O ex-presidente regional do PDT em MS, Dagoberto Nogueira, esteve na Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira (6) sob o pretexto de se reunir com o deputado estadual Felipe Orro (PDT). A ida do político a Casa de Leis foi justamente após o novo secretário de governo de Campo Grande, Pedro Chaves anunciar que o […]

Arquivo Publicado em 06/11/2013, às 11h40

None

O ex-presidente regional do PDT em MS, Dagoberto Nogueira, esteve na Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira (6) sob o pretexto de se reunir com o deputado estadual Felipe Orro (PDT). A ida do político a Casa de Leis foi justamente após o novo secretário de governo de Campo Grande, Pedro Chaves anunciar que o PDT estaria na base do prefeito Alcides Bernal (PP).

Bastante à vontade, Dagoberto chegou e imediatamente se dirigiu a sala Vip, evitando contato com a imprensa. O presidente, deputado estadual Jerson Domingos (PMDB), se ausentou da mesa diretora e se absteve de presidir a sessão para ciceronear o visitante, junto com outros parlamentares.

A reportagem tentou conversar com Dagoberto, Orro e Jerson, mas não conseguiu encontrá-los. A ida de Dagoberto a Casa de Leis foi justamente no momento em que Chaves anunciou que o PDT, representado pelo vereador Paulo Pedra, irá compor com Bernal na câmara.

O presidente da Casa de Leis é amigo pessoal do prefeito e estaria se tornando uma espécie de ‘pai político’, já que tem aconselhado Bernal durante esse período de turbulência que enfrenta em seu mandato frente a prefeitura.

Além disso, Chaves é cunhado de Jerson, o que aumenta as suspeitas de que seu nome tenha sido uma indicação do próprio deputado, uma vez que Delcídio Amaral (PT), de quem Chaves é o primeiro suplente no senado, nega que tenha feito a indicação ou dado qualquer negativa para que ele aceitasse o convite.

Jornal Midiamax