Política

Cúpula do PT se reúne com Bernal para ratificar apoio

Representantes da bancada federal e estadual do PT, além do presidente estadual do partido, Marcus Garcia, se reuniram no início da noite desta segunda-feira (18) com o prefeito de Campo Grande Alcides Bernal para confirmar o apoio do partido. Por cerca de uma hora eles conversaram sobre o compromisso do PT com a gestão municipal […]

Arquivo Publicado em 18/02/2013, às 21h48

None
192124858.jpg

Representantes da bancada federal e estadual do PT, além do presidente estadual do partido, Marcus Garcia, se reuniram no início da noite desta segunda-feira (18) com o prefeito de Campo Grande Alcides Bernal para confirmar o apoio do partido.


Por cerca de uma hora eles conversaram sobre o compromisso do PT com a gestão municipal e o início do ano legislativo. O presidente do PT em MS, Marcus Garcia, destacou que a visita é importante para discutir as prioridades para a capital.


“Está agendada para semana que vem uma reunião com a bancada federal para discutir as prioridades para Campo Grande em Brasília. Nós discutimos propostas também e o prefeito ratificou o compromisso com as políticas públicas e sociais que são bandeiras do PT”, disse o presidente.


Sobre a disputa por cargos na administração municipal, o dirigente assegurou que o tema não foi a motivação da reunião. “Seríamos hipócritas se disséssemos que não aspiramos cargos – todos os partidos aspiram, mas deixamos a decisão nas mãos do prefeito e esta não foi a pauta da reunião. Apostamos, assim como a população, no sucesso da administração de Bernal”, afirmou.


Ele ainda ponderou que é preciso tempo para arrumar a casa e cobrar resultados do prefeito. “O PT é copartícipe do processo e vai assumir os ônus e bônus da administração”, frisou Marcus Garcia.


Para Bernal, o PT é um aliado importante. “Temos no PT um partido aliado e a presidente Dilma tem mostrado compromisso com a minha administração. As portas do meu gabinete estão abertas para todos os partidos e todos que tiverem interesse vão conversar comigo”.


Marquinhos explicou que o senador Delcídio do Amaral e o deputado federal Vander Loubet não participaram da reunião porque cumpriam agendas políticas no interior do Estado e o mal tempo impediu os dois de chegarem para a reunião.

Jornal Midiamax