Após bravatear que iria sem problemas responder sobre irregularidades apontadas pela Comissão Processante, o prefeito conseguiu adiar para a quinte-feira (12) e tenta mais prazo. Agora, ele alegou que está com problema de visão.

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, pediu novo adiamento do seu depoimento à Comissão Processante que apura supostas irregularidades envolvendo contratos e licitações. O argumento é de que Bernal está com um problema de visão.

A informação é do líder do prefeito na Câmara, vereador Alex do PT, que neste momento tenta convencer o presidente da Comissão Processante, Edil Albuquerque (PMDB), da necessidade de adiar a oitiva que seria realizada inicialmente hoje (11) e já havia sido adiada para amanhã (12).

Alex do PT não informou a gravidade do suposto problema de saúde enfrentado pelo prefeito. Ele disse que a perda de visão é causada pela diabetes e que essa dificuldade “abalou emocionalmente” o chefe do Executivo.

Bernal tem a prerrogativa de ser substituído no depoimento pelo procurador jurídico, mas Alex do PT afirma que o prefeito faz questão de ele mesmo depor à comissão.

Por várias vezes Alcides Bernal recorreu à Justiça para impedir o trabalho de investigação do prefeito. Ele chegou também a levantar dúvidas sobre a seriedade da Comissão Processante.