Política

Quem traiu o povo foram eles, diz Reinaldo ao anunciar apoio a Bernal

O candidato do PSDB à Prefeitura de Campo Grande no primeiro turno da eleição, Reinaldo Azambuja, junto com PPS e PMN, anunciaram na tarde desta segunda-feira (15) o apoio ao candidato Alcides Bernal (PP) no segundo turno em Campo Grande. Ao comentar o apoio e como ficaria a relação com o PMDB, o deputado Reinaldo […]

Arquivo Publicado em 15/10/2012, às 20h13

None

O candidato do PSDB à Prefeitura de Campo Grande no primeiro turno da eleição, Reinaldo Azambuja, junto com PPS e PMN, anunciaram na tarde desta segunda-feira (15) o apoio ao candidato Alcides Bernal (PP) no segundo turno em Campo Grande.

Ao comentar o apoio e como ficaria a relação com o PMDB, o deputado Reinaldo Azambuja foi enfático: “O PMDB não se elegeu sozinho. Quando teve o nosso apoio se elegeu, embora não reconheça isso. A força não é só deles, como pensavam. A divisão mostrou que eles não ganham sozinhos, embora quisessem governar sozinhos. Quem traiu o povo foram eles ao assumir o poder e não atender as reais necessidades da população”, analisou.

Reinaldo fez questão de esclarecer que as críticas feitas durante a campanha foram direcionadas a problemas enfrentados e citados pela população, incluindo a saúde, transporte coletivo e obras mal concebidas. Para Reinaldo, os 70% de votos para a oposição mostram que o PSDB e o grupo estava no caminho certo quando optou por candidatura própria.

“A teoria de partido único caiu por água abaixo. Já somos vitoriosos. Vamos mostrar nas urnas uma vitória esmagadora. Uma mudança de verdade, que é o que a população quer”, declarou Reinaldo.

O vice de Reinaldo, Athayde Nery (PPS), disse que com o apoio a Bernal fica afastada a hipótese de isolamento e mostra que o candidato do PP consegue ampliar o s aliados. “Campo Grande não pode parar, na mão deles”, brincou Athayde, ao dizer que Campo Grande não será de Bernal e do PP, mas dos campograndenses.

Jornal Midiamax